segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Nova rede social educativa chegou ao Brasil e mostrou que social learning está na moda!

Agora os alunos brasileiros podem se juntar a uma rede social educativa Brainly.com.br – um portal que promove a compartilhação de conhecimento e ajuda mútua em estudos escolares.


Social learning, gamificação e apoio à educação - estes são os principais conceitos do Brainly que criando um ambiente de aprendizagem mútua e colaboração possibilita estudo fácil e rápido para os estudantes de ensino fundamental, médio e superior. Graças aos elementos de gamificação como rankings, níveis ou um sistema de atribuição de pontos, Brainly encoraja participação ativa na explicação de questões difíceis, porque os usuários– para serem ajudados – também têm de ajudar os outros. Os fundadores querem mostrar que a escola, lições de casa e estudo podem dar prazer e satisfação pessoal.

Como o Brainly funciona?  

No Brainly.com.br cada usuário depois do cadastro recebe um certo número de pontos que precisa  gastar cada vez que faz uma pergunta no portal. Para ganhar pontos os alunos devem ajudar as outras pessoas, não necessariamente na mesma matéria. Além disso, os melhores alunos recebem pontos adicionais por darem uma resposta clara, completa e com uma boa explicação. Da alta qualidade de todas as respostas cuidam os especialistas – os moderadores (os alunos que se destacaram no serviço, pais e professores). O botão “Obrigado” possibilita agradecimento pessoal e pode ser um início de uma nova amizade que se pode desenvolver através de mensagens privadas. Com esta ideia inovadora de ajuda mútua com os estudos em um ambiente de colaboração e amizade os fundadores querem chegar às crianças de todos os países no mundo. 

Como mostram os primeiros meses, não faltam alunos anciosos para ajudar os outros – para a maioria dos usuários a caça de uma pergunta à qual querem dar a melhor resposta é um verdadeiro divertimento. Agora podem estudar juntos também através do celular (faça download da app Brainly para Android e aqui para iOS) onde quer que estejam!

Sobre o Brainly.com

É um grupo de serviços de social learning cujo objetivo é criar um espaço online onde os alunos podem estudar juntos, trocar ideias e ao mesmo tempo conhecer pessoas novas. O primeiro serviço foi criado em 2009 e rápidamente ganhou popularidade tanto entre os alunos como entre os professores. Neste momento ao grupo pertencem os seguintes portais: Zadane.pl (Polônia), Znanija.com (Rússia, Ucrânia e outros países russófonos), E-aufgabe.de (Alemanha), Misdeberes.es (Espanha, México e América do Sul), NosDevoirs.fr (França), Eodev.com (Turquía) e Brainly.com.br (Brasil e Portugal). 


..............................................

Fica a Dica criaanças!



Uma Besteira Intergalática!

No post anterior eu disse que nesse ano de 2013 eu pretendia escrever com mais frequência aqui nesse meu blog pessoal. Como esse post anterior é de janeiro e eu só estou escrevendo agora no final de agosto, você já deve imaginar que eu não estou conseguindo fazer isso.. 

Desculpas a parte, resolvi fazer essa postagem pra falar um pouco sobre o meu outro projeto que eu coloquei em andamento desde abril deste ano. Um outro blog, mas não um blog como este. Um blog que tem o único objetivo de publicar as minhas Histórias em Quadrinho, que eu dei o nome de "Besteira Intergalática", e por isso o blog tem esse mesmo nome... Histórias que eu criei durante quase toda a minha adolescência com a colaboração do meu irmão no início.


Tudo começou no ano de 2002, eu tinha 15 anos e estava na 8ª série. Eu sei, com 15 anos eu já devia estar no 1º ano do Ensino Médio... Mas em Curuçá, e acredito que em outros interiores, naquela época isso depende do mês que você faz aniversário... Eu faço em Setembro, dia 9 (vou querer presente!) e por isso eu tive que repetir a alfabetização porque era "muito novo" pra ir pra 1ª série, e isso gerou o meu "atraso" de um ano... Não sei porque estou explicando isso, pois não vem ao caso!

Pois bem, na oitava série eu tinha a péssima mania de riscar nos meus livros didáticos, (crianças, não façam isso em casa) eu pegava todas as imagens e colocava uns balões dizendo coisas que eu achava engraçado, por exemplo: No meu livro de português, que era o livro que eu mais gostava de riscar porque tinha mais imagens, eu lembro que tinha um desenho de um velhinho sentado num banco desses de praça. Eu desenhei uma plaquinha no banco atrás dele escrito: "Tinta Fresca". E um balãozinho de pensamento no velho: "Acho que eu me caguei"... 

Os meus colegas ficavam lendo e se mantando de rir com essas besteiras que eu fazia, e eu achava isso legal, pois eu fazia porque EU achava isso engraçado e depois os meus amigos também acabavam achando. É uma sensação boa, ver algo que você criou causando esse efeito nas pessoas.

Eu também desenhava uns bonequinhos iguais aqueles que a gente faz no jogo da forca interagindo com as imagens que já vinham nos livros, em situações engraçadas. Esse bonequinho aparecia com tanta frequência e era tão doido que um dos meus amigos apelidou ele de "Bonequinho Fresco". hahahahaha 


Esse bonequinho, foi portanto o primeiro personagem da minha história que nessa época eu ainda nem pensava que um dia fosse fazer... 

Era divertido, e todo dia na escola os meus colegas pegavam os meus livros por causa dos desenhos e ficavam lendo e rindo! Então chegou o final do ano, e no final do ano a escola pede pra gente devolver os livros para os alunos que entrarão no ano seguinte pra oitava série... Muita gente nem devolvia, acho que nem era tão obrigatório assim, e o meu livro estava completamente riscado e eu fiquei com medo da diretora mandar eu pagar livros novos!

Aí eu pensei: Ou eu não devolvo e deixo os livros guardados em casa pegando traças. Ou eu devolvo e corro o risco de ter que comprar livros novos pra escola. Mas se eu escolhesse a segunda opção eu seria considerado pelos meus amigos por ter coragem de devolver o livro naquelas condições. E mais, outros alunos da escola leriam aquelas besteiras e o livro poderia seguir esse ciclo e assim várias pessoas conheceriam o meu "trabalho"... Foi o que eu fiz, devolvi os livros na maior cara de pau, e felizmente ninguém notou... 

No ano seguinte (2003), quando eu já estava em outra escola cursando o Ensino Médio, eu ainda tive notícias do meu antigo livro de português. Um amigo meu, que morava perto de casa, veio me perguntar sobre o livro - Ele sabia que era meu porque na contracapa dos livros didáticos tinha um espaço pra você colocar o seu nome, o nome da escola e o ano - Ele disse que foi ele que recebeu esse livro, mas que trocou com um outro colega que gostou de toda aquela doidisse kkkkkkkk ... 

Essa foi a última notícia que eu tive dos livros, se alguém que está lendo esse texto agora for o atual dono, por favor entre em contato pois eu pretendo comprá-los de volta para fazer uma exposição desse marco inicial da minha HQ em algum museu shuhuashsushushuhuaa .. 

Ainda em 2003, certo dia bateu o tédio e eu senti falta de passar o tempo zoando com os meus livros didáticos então eu tive a ideia de fazer uma história em quadrinhos partindo do zero. Foi então que eu criei os meus três primeiros personagens. Seria mais uma clássica história do bem contra o mal, então eu fiz logo um vilão e um de seus capangas e um herói... O CARA OTÁRIO DO MAL QUE SE TRANSFORMA EM ÁGUA que depois vira a ser chamado apenas "DUMAL", seu capanga o CABEÇUDO e o CARA OTÁRIO DO BEM QUE TEM PODER que depois viria a ser chamado apenas "DUBEM"... Assim como esses, muitos outros personagens viriam a seguir.


Então eu comecei a desenhar as histórias, sendo que eu sempre gostei de desenhar mas nunca fui de desenhar muito bem. Fui fazendo, então o meu irmão Robert começou a me ajudar a fazer as histórias também. 

Ele criou personagens que foram muito importantes na continuidade dessa história, como por exemplo o LÉZO, e também o ROBÔ e ainda muitos outros que apareceriam mais pra frente, heróis e vilões. Assim como outros dos meus irmãos também participaram criando personagens pra minha história, o Rhonald, que também tinhas as suas próprias histórias; o Rodrigo; e até a Lorena, minha irmã mais nova que na época que eu comecei as histórias devia ter uns 6 anos.


Assim como eu criei, com a ajuda dos meus irmãos, vários personagens. Eu também aproveitei aquele "Bonequinho Fresco" lá do tempo da oitava série para caracterizar pessoas comuns sem muita importância no decorrer dos fatos. Eles são pessoas genéricas, um tipo de figurantes. Mas aparecem com frequência, e alguns chegam até a ser importantes de uma certa forma.

No inicio a gente fazia as histórias alternadamente, eu fazia algumas páginas e o Robert dava continuidade fazendo mais algumas páginas e assim sucessivamente. Uma forma muito divertida de passar o tempo nas férias!

As férias acabaram, meu irmão voltou pra Belém e eu continuei fazendo as histórias sozinho daí em diante, lá em Curuçá onde eu morava na época... Era bacana fazer isso, mesmo sozinho porque depois os meus irmãos iam ler... Era a mesma sensação de quando eu desenhava nos livros didáticos. O Rhonald ficava horas em casa lendo as histórias... 

Quando eu vim morar pra Belém, os cadernos com as histórias ficaram todos lá em Curuçá (menos um que está perdido até hoje...). E sempre que eu ia pra lá eu dava continuidade do ponto que eu tinha parado na ultima vez... Assim a frequência diminuiu bastante, por causa do pouco tempo que eu tinha pra fazer e também por causa de um pouco de preguiça minha. Pra se ter uma ideia, a ultima parte da história que eu comecei a fazer em 2006, ano que me mudei para Belém, ainda não está finalizada... Mas, a Lorena continuava lendo sempre!

E eu sempre pensava: "Um dia eu vou pegar tudo isso e colocar tudo na internet"... E esse dia chegou, em abril deste ano, dez anos depois do início dessa História.

Eu comprei a minha impressora multifuncional, uma resma de papel, uma caixa de lápis de cor com todas as cores (apesar de não usar muito), um apontador, canetas pretas.. Então eu criei o blog no xpg, e nesse momento eu tive que pensar em um título para a história, que eu passei dez anos chamando de "minha história"... 

Foi então que surgiu o nome "Besteira Intergalática"... Primeiro porque é uma Besteira, ou seja, quando você for ler não leve nada a sério, não prenda-se às regras do português, e nem a nada! Esse é um universo completamente novo e muitas coisas fogem à realidade e ao senso do ridículo!  kkkkk ..

"Intergalática" tem dois significados: O primeiro significa que é uma besteira muito grande, intergalática! Sempre com muito Humor. O Humor é algo intrínseco a essa HQ ele ocorre naturalmente, mas não obrigatoriamente. Não pense que irá morrer de rir ao ler todos os capítulos. O objetivo principal é contar uma história. E essa história é inspirada em muitas outras coisas, a maior referência de todas é Dragon Ball Z, mas você perceberá que não se limita apenas a isso! O segundo, tem um pouco a ver com o ambiente das histórias que não se restringe apenas ao nosso universo conhecido. 

E agora eu estou trazendo todas essas minhas histórias para o ambiente virtual, recontando desde o início lá em 2003, mas acrescentando coisas atuais e fazendo críticas bem humoradas (e mal humoradas kkk) a tudo! ... E disponibilizando para qualquer um que quiser ler... Qualquer pessoa no mundo todo poderá baixar os arquivos ou ler online, desde que entenda o português.

Já postei 12 capítulos, e pretendo continuar até publicar toda a história. Conheça esse meu novo projeto acessando o blog "Besteira Intergalática" clicando neste link >>> http://besteiraintergalatica.xpg.uol.com.br/ . Depois me diga o que você achou. Se não gostou, guarde pra você!! auhsuhsu

Lá no outro blog eu assino apenas como "Desenhista", porque é como se esse "Desenhista" fosse mais um dos personagens da história, mais pra frente você entenderá melhor isso que eu tô falando... Ah! É importante que você leia na ordem!! Valeu galera!

Um forte abraço do seu amigo,

 - Raul Neves -


domingo, 6 de janeiro de 2013

Esse cara NÃO sou eu


Por que será que as mulheres perdem tanto tempo com idealizações de um cara que seja bonito, educado, romântico, sensível e delicado? Eis a questão..

Deixa eu falar pra vocês: Esse cara existe! mas o problema é que ele só pensa em outro cara  bonito, educado, romântico, sensível e delicado . Por que esse cara é GAY!

Por que esse homem ideal não existe? Isso é lógico. Ele é ideal, não real! Ideal está no campo das ideias e o real na realidade. Então o que é ideal é inalcansável. Mas a culpa das mulheres terem essas idealizações é da disney com aquelas histórias de príncipe encantado e aquelas frescuras todas, elas já trazem essas iluzões desde crianças...

Esse cara também não é o Roberto Carlos. Ele só se aproveitou das ilusões das coitadinhas pra emplacar uma música de sucesso. O sucesso da música é inegável, pois eu não assisto a novela mas fiquei sabendo da música porque toca em todo lugar. Se você não sabe de que música eu estou falando (duvido) clique aqui ... 

Agora vamos analisar mais profundamente a questão do "cara".. Se ele existe ou não.

Primeiro, se ele existe ele tem que ter muita grana por que um "cara que pensa em você toda hora", não tem o que fazer, na boa! Eu digo que tem que ter muita grana por que não tem que se preocupar com nada, nem com a sua própria profissão. Já pensou, um médico na sala de cirurgia operando... Quando de repente a sua   assistente diz: - "Doutor, era pra operar os rins. Porque o senhor cortou o coração da velhinha? Onde o senhor está com a cabeça?". No que ele responde: - "Ah. Desculpe,eu estava pensando na minha mulher. eu penso nela toda hora". 

"Que conta os segundos se você demora" ??? O Roberto Carlos nunca deve ter ido fazer compras com uma mulher... Porque uma pessoa normal não conta segundos, nem minuto e nem horas nessa situação.. Um cara normal só fica extremamente puto, mas puto de verdade.

"E no meio da noite te chama // Pra dizer que te ama" inconveniente esse cara... Tinha que ser no meio da noite? Não podia ser um pouquinho mais cedo?

Tem algumas partes da música que são até aceitáveis e outras não, por exemplo:

"De manhã você acorda feliz
Num sorriso que diz
Esse cara sou eu" ... O cara ta a música toda tentando convencer a mulher de que ele é "o cara"... Como é que de manhã ela acorda sorrindo achando que ela é que é "o cara"?? Mais uma prova de que o cara é gay!

Em fim, eu poderia passar mais tempo analisando a letra dessa música, mas já deu né? Eu não gosto do Roberto Carlos nem das músicas dele (Tá bom, gosto de algumas..), nem acho que ele seja rei de nada. Mas tenho que confessar que ele é um bom cantor e que faz jus a todos os seus discos de platina, bem como sua perna de platina... Desculpe, essa ofensa gratuita saiu sem querer.. kkkkkkk

Mas o que eu queria dizer com tudo isso é: Mulheres, esse cara perfeito não existe. Temos que conviver com os nossos defeitos. Isso que é legal! Ninguém é perfeito mesmo né?




Feliz 2013, estou voltando a postar no meu tão amado blog pessoal.. Espero que com frequência. 

Beijos e abraços do seu amigo, Raul Neves.


sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Campanha: Orkut Esperança

Pra você que assim como eu, acredita que o orkut não vai morrer... Mesmo depois do twitter e principalmente facebook. Entre nessa campanha do Google em parceiria com a Unesco. E faça doações depois eu dou o número da conta. Entre você também nessa corrente de amor e solidariedade...


Para participar da comunidade no Orkut, clique AQUI ! :)

********************

( ♪♫ ♪♫ ♪♫)

Ter um orkut
Na vida é tão bom ter orkut
A gente precisa de orkut do peito
Orkuts de fé, orkuts-irmãos
Iguais a eu e você


Ter um orkut
Quem é que não tem um orkut?
A gente precisa de orkuts do peito
Orkuts de fé, orkuts-irmãos
Iguais a eu e você... Orkut


Toda vez que a gente está sozinho
E que se está perdido no caminho
Ele sempre chega de mansinho e mostra uma saída



Toda vez que a gente está cansando
E que vê o mundo desabando
Ele sempre mostra o lado bom que tem a vida
Ele sempre está do nosso lado
E com a gente fica preocupado
Ele nunca pede nada em troca, não
Quantas vezes dá sem receber...


Ele ri das nossas alegrias
Ele chora com a nossa dor
Ele é a forma mais sublime do amor


Ter um orkut
Na vida é tão bom ter orkut
A gente precisa de orkuts do peito
Orkuts de fé, orkuts-irmãos
Iguais a eu e você


Ter um orkut
Quem é que não tem um orkut?
A gente precisa de orkuts do peito
Orkuts de fé, orkuts-irmãos
Iguais a eu e você... Orkut


De repente bate uma tristeza
E ele chega cheio de energia
E transforma toda a incerteza em alegria
Ele sabe dos nossos segredos
E conhece até os nossos medos
Se a gente está chorando ele vem e diz: sorria


Ele sempre está do nosso lado
E com a gente fica preocupado
Ele nunca pede nada em troca, não
Quantas vezes dá sem receber
Ele ri das nossas alegrias
Ele chora com a nossa dor
Ele é a forma mais sublime do amor


Ter um orkut
Na vida é tão bom ter orkuts
A gente precisa de orkuts do peito
Orkuts de fé, orkuts-irmãos
Iguais a eu e você


Ter um orkut
Quem é que não tem um orkut?
A gente precisa de orkuts do peito
Orkuts de fé, orkuts-irmãos
Iguais a eu e você... Orkut!

( ♪♫ ♪♫ ♪♫)

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Você não me conhece

Sabe aquele cara que apareceu na TV..
Que achou uma mala cheia de dinheiro e devolveu?
Aquele cara era honesto de verdade
Então. Você não me conhece, porque esse cara não era Eu.


Eu sou o cara que achou uma mala cheia de dinheiro e ficou com tudinho
Você não me viu na TV porque eu não sou um bom exemplo
Você não me viu na TV porque ela não gosta de gente como eu


O achado não é roubado, mas o perdido poderia ser..
Eu prefiro não arriscar. Se eu achei, então é meu!
Uma vez eu perdi 10 reais na rua
E ninguém me devolveu até hoje.
Se não me devolveram, porque logo eu vou devolver?
Por que logo eu?
Por que logo eu que não devolveria?
Por que logo eu que achei?


E por tudo isso, você não me conhece
Você não me conhece e eu não conheço você
Eu não conheço você e não faço questão de conhecer
eu só fiquei um pouco puto poque não apareci na TV


Mas pra falar a verdade, eu não queria aparecer na TV
Pois ela está cheia de gente hipócrita e idiota
E assim eu seria mais um idiota
Porque o dono da mala ia ficar sabendo
Eu prefiro ser um rico, experto, e anônimo
Do que um pobre, burro, honesto e famoso.


As pessoas elogiam o cara que devolveu a grana
Mas no seu íntimo chamam ele de otário
Eu não quero ser esse otário
ninguém quer..


De que adianta aparecer 15 segundos na televisão
E depois voltar a uma vida de sofrimento?
Por um pouco de fama eu voltaria a ser pobre
O mundo me veria por alguns instantes como um bom exemplo
Mas a pobreza iria durar o resto da minha vida
Eu não ia querer essa vida
ninguém ia querer..


Agora eu estou rico, não passo fome
Estou bem, ganhei muito mais dinheiro
Tanto que uma mala como a que eu achei ja nem me faz falta
E por isso eu vou "perder" uma mala como esta
Porque eu fiquei com pena daquele cara que devolveu
Vou fazer esse bem pra alguém


A menos que você queira ser honesto
A menos que você queira ser famoso
A menos que você seja burro


Eu espero sinceramente
que a pessoa que achar continue anônima
Anônima e rica
Anônimo como eu. E rico como eu


E por isso você não me conhece
E por isso eu não apareci na TV


E por isso você não me conhece
E por isso eu não apareci na TV


E por isso você não me conhece
E por isso eu não apareci na TV


E por isso você não me conhece...








(Nota: Essa é uma história fictícia, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

quinta-feira, 12 de julho de 2012

O sucesso do momento.

Transcrição do telefonema entre um sequestrador e a família da vítima do sequestro. O bandido faz várias exigências para a família da vítima em troca da liberdade da jovem Estudante Universitária. A polícia orientou o pai da vítima a manter o sequestrador o máximo de tempo possível no telefone para tentar rastrear a fonte da ligação.

...

BELÉM, 17 DE JUNHO DE 2012

Pai da Vítima: Alô, quem tá falando? É você que está com a minha filha?

Voz eletrônica: Chamada a cobrar. Para aceitá-la continue na linha após a identificação...

-bip-

Pai da Vítima: (falando fora do fone) - Tem certeza? Três minutos mesmo?!

Sequestrador: Alô, tio... Quer dizer.. (engrossando a voz) Aqui quem tá falando é o sequestrador da sua filha meu senhor..

Pai da Vítima: Como é que ela tá? devolva ela pra gente pelo amor de Deus

Sequestrador: A marcinha... Digo: Essa sua filha, que eu não sei o nome porque ela não é minha colega, claro né? Essa sua filha é uma chorona. Vive chorando, dizendo que tem que fazer um trabalho da facu.. um tal de TCC. Mas aqui não tem isso não! Aqui é PCC.

Pai da Vítima: Minha Nossa Senhora de Nazaré!

Sequestrador: É o seguinte meu senhor a sua filha tá bem. Mas se vocês demorarem pra fazer o que a gente quer, ela vai ficar psicologicamente abalada se é que você me entende... Acho até que ela não vai ter condições de fazer os trabalhos da faculdade dela..

 Pai da Vítima: O quê? o que você vai fazer com ela?

Sequestrador: Ér.. Eu não sei, você não assiste filmes? a gente vai fazer o que os sequestradores normalmente fazem. Que fique claro que nós SEQUESTRAMOS a sua filha e ela vai ficar um bom tempo traumatizada. Então faça tudo o que nós vamos dizer.

Pai da Vítima: O quê vocês querem?

Sequestrador:.... É.... é...

Pai da Vítima: O que???

Sequestrador: (falando fora do fone) - O que que a gente quer?? // (Voz feminina estranhamente familiar: - Eu não sei. Improvisa aí. Inventa alguma coisa pra enrolar ele... )

Pai da Vítima: ... ?

Sequestrador: Eu quero....

Pai da Vítima: O que rapaz?

Sequestrador:
Eu quero tchu, eu quero tcha
Eu quero tchu tcha tcha tchu tchu tcha
Tchu tcha tcha tchu tchu tcha
É isso ai galera, esse é o novo hit do João Lucas e Marcelo
Tchu tcha tcha

Cheguei na balada, doidinho pra biritar,
A galera tá no clima, todo mundo quer dançar,
O Neymar me chamou, e disse "faz um tchu tcha tcha",
Perguntei o que é isso, ele disse " vou te ensinar".
É uma dança sensual, em goiânia já pegou,
Em minas explodiu, em Santos já bombou,
No nordeste as mina faz, no verão vai pegar,
Então faz o tchu tcha tcha, o Brasil inteiro vai cantar.

Com João Lucas e Marcelo,

Eu quero tchu, eu quero tcha
Eu quero tchu tcha tcha tchu tchu tcha
Tchu tcha tcha tchu tchu tcha

Cheguei na balada, doidinho pra biritar,
A galera tá no clima, todo mundo quer dançar,
Uma mina me chamou, e disse "faz um tchu tcha tcha",
Perguntei o que é isso, ela disse " eu vou te ensinar".
É uma dança sensual, em Goiânia já pegou,
Em Minas explodiu, em Tocantins já bombou,
No nordeste as mina faz, no verão vai pegar,
Então faz o tchu tcha tcha, o Brasil inteiro vai cantar.

Com João Lucas e Marcelo,

Eu quero tchu, eu quero tcha
Eu quero tchu tcha tcha tchu tchu tcha
Tchu tcha tcha tchu tchu tcha 

Eu quero tchu, eu quero tcha
Eu quero tchu tcha tcha tchu tchu tcha
Tchu tcha tcha tchu tchu tcha

Pai da Vítima: O QUÊÊÊÊÊ???

Fim da chamada.






Face Photos

Quem é vivo sempre apareeeece não é mesmo?! É isso aí, e depois de um bom tempo sumido. Estou de volta! \o/

Eu tinha saído em uma jornada espiritual pelos montes do Tibet em busca de sabedoria para compartilhar com vocês meus caros leitores (Isso mesmo eu tenho amigos imaginários).

Bem, ultimamente eu tenho usado bastante o facebook, até mais que o twitter, que eu acho melhor que o 'face'...

Resolvi fazer esse post para explicar algumas das fotos que eu postei recentemente (ou nem tão recentemente assim) no facebook. É tipo uma legenda das minhas fotos.. (Tem um link pro meu perfil ali na barra lateral. ou basta digitar: http://www.facebook.com/rauulll.neves)

Então vamos lá:

 

E não é que esse negócio voltou??  por essa eu não esperava. Eu fiz essa imagem aí porque eu não aguentava mais ouvir aquele barulinho chato: "tec tec tec tec tec tectec"...

Mas sei lá, na minha época de infância eu não devia achar isso tão chato assim. Porque eu ficava com o pulso todo dolorido e continuava.. Infância é uma época boa.

Que bom que esse 'tec tec' ja está saindo de moda. Agora aqui na rua os moleques só gritam por causa de pipa agora! kkkk

  ...



Como eu disse antes eu tenho usado bastante o facebook, e tem umas coisas que começam a irritar... Tipo,  a cada dia aparece uma frase nova do Bob Marley, e logicamente muitas são inventadas e atribuídas a ele... Aí eu pensei: "Vou criar a minha própria frase do Bob M arley!".. Vou criticar uma coisa qualquer, e as pessoas vão dar mais credibilidade por que foi o Bob Marley "que falou".. aushauhsuah

Aí eu coloquei essa frase aí porque eu queria criticar esse monte de gente idiota que faz essas coisas imbecis e coloca na internet. Eu tô falando desses vídeos que servem de material para esse tipo de coisa aqui, Não tem como não dizer isso que o Bob falou né? aushauhu

... 

 Isso foi só um trocadilho com esse filme (escroto de cachorro!!), e o Bob Marley de novo... Tema frequente no facebook.

...


Essa foi pra criticar essa gente que só fica no facebook e acha que está fazendo a revolução na sociedade. Ah vão estudar crianças!

...



E essa finalmente, foi pra expressar a minha opinião (Ao estilo Capitão Nascimento) sobre essa questão de acabar com as sacolinhas plásticas. Que eu acho uma grande besteira. Parece que de uma hora pra outra o mundo vai acabar só por que a gente traz sacolas so supermercado. Que babaquisse essa desses ambientalistas. Ainda bem que essa história ainda não chegou aqui em Belém. Mas vai chegar, eu sei disso!

...

Bem amigos, por enquanto é só! Eu volto assim que puder. Juro que volto!